História

O início das atividades do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Brusque e região (Sintricomb) ocorreu no final da década de 30. No dia 12 de setembro de 1938 foi realizada a primeira reunião da história da entidade.

O encontro aconteceu em uma residência na Rua Pedro Werner, local em que ficou situada a sede do sindicato por muitos anos.

A primeira reunião foi formada pela participação de 1/3 dos trabalhadores que compunham o setor à época. João Santini foi quem tomou a iniciativa de formar um grupo para dirigir a entidade que nasceria daquele momento em diante. Por aclamação, os trabalhadores que se encontravam presentes elegeram como primeiro presidente do sindicato o senhor Antonio Bolognini, que tomou lugar à mesa assim que a decisão foi proferida.

Para auxiliar nos trabalhos e na direção da entidade, Bolognini convidou outro trabalhador, Felix Costa, para atuar como membro da mesa diretora. No discurso de posse, improvisado na hora e no mesmo local, Bolognini falou a respeito da importância de se criar uma entidade representativa da classe trabalhadora do setor, com base nas leis vigentes naquele tempo. Com isso, após ouvir as palavras do recém eleito presidente, os demais que estavam no local aprovaram a criação do Sindicato de Construções Civis do Município de Brusque.

O passo seguinte foi a elaboração de um estatuto, para dar legitimidade à instalação do sindicato. Com base no documento, elegeu-se, então, a primeira diretoria da história do Sintricomb. Faziam parte dela Antonio Bolognini (presidente), Felix Costa (1º secretário), Pedro Bolognini (2º secretário) e João Belli (tesoureiro). Da mesma forma, elegeu-se também um conselho fiscal, que foi composto pelos seguintes nomes: Alcides Prunner, Santo Bertelli e Reinaldo Galm. O mandato do grupo se estendeu até o ano de 1940, quando nova eleição deveria ser realizada.


Carta sindical legaliza entidade

A Carta Sindical que criou legalmente o sindicato somente foi conseguida vinte anos depois da primeira reunião. O documento, elaborado pela Associação dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário, com sede em Brusque, pedia o reconhecimento do estatuto da entidade. A aprovação foi concedida pelo Ministério de Estado dos Negócios do Trabalho, Indústria e Comércio.
Com isso, o Sintricomb foi reconhecido oficial e legalmente como sindicato representativo de todas as categorias profissionais do 3º grupo de trabalhadores nas indústrias da construção e do mobiliário, de acordo com as definições da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria (CNTI).
Em 19 de abril de 1971, o diretor-geral do Departamento Nacional do Trabalho assinou o decreto, a pedido do sindicato, para que sua base territorial fosse estendida aos município de Vidal Ramos, mantendo nela as cidades de Botuverá e Guabiruba, desmembradas de Brusque por força de lei estadual.


O Sintricomb na atualidade

Atualmente, o Sintricomb está localizado na Rua Francisco Cervi, número 39, Centro de Brusque. A entidade tem abrangência em sete municípios: Brusque, Botuverá, Guabiruba, Nova Trento, Canelinha, São João Batista e Vidal Ramos. Na cidade de Canelinha está situada a subsede do sindicato, que faz o atendimento a trabalhadores que integram a registro de São João Batista e Canelinha. O atendimento em Brusque é feito de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 e das 13h30min às 18 horas. Integram a atual diretoria efetiva as seguintes pessoas: Izaias Otaviano (presidente), Dari Mota Sutil (secretário geral), Patricia Cestari (1ª secretária) e Elizeu Schmitz (tesoureiro).

Pin It on Pinterest

X