Sintricomb media debate sobre impactos das alterações trabalhistas

Impacto no setor público e nas negociações coletivas gerados pelas mudanças nas leis trabalhistas e congelamento de gastos. Estes foram temas de um seminário realizado na noite desta quarta-feira, 2, no auditório do Sindicato dos Metalúrgicos de Brusque (Sintimmmeb), organizado pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Brusque (Sinseb). O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário (Sintricomb) também participou e o presidente da entidade, Izaias Otaviano, foi o mediador da mesa de debates.

Segundo Otaviano, o evento serviu para que os sindicalistas pudessem obter mais informações acerca do que se passa nos bastidores do Congresso Nacional em relação às mudanças na legislação trabalhista e previdenciária.

“Estamos buscando participar de todos os eventos que falam sobre os temas, que fazem alusão à reforma trabalhista e os impactos gerados após ela. o fato importante é que pudemos fazer ontem uma discussão e alto nível com um profissional de alta qualidade, que esclareceu algumas dúvidas que tínhamos sobre como ficará essa mudança”, destaca Otaviano.

O profissional é o jornalista Marcos Verlaine, que atua como assessor do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) em Brasília. Com trânsito no Congresso Nacional, ele, que é analista político, vive o dia a dia das duas casas e explanou, principalmente, sobre a Emenda 95.  Ela estipula um teto de gastos do setor público por 20 anos.

O seminário desta quarta-feira teve presença de sindicalistas de Brusque e de vários municípios catarinense, de diversos segmentos. Além do presidente do Sintricomb, participaram do evento pelo sindicato os diretores Dari Mota Sutil, Patricia Cestari e Elizeu Schmitz, e a funcionária Andreia Barnabé Dias

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 3 =

X

Pin It on Pinterest

X