SINTRICOMB encaminha reivindicações dos trabalhadores nas cerâmicas e olarias

A pauta de reivindicações elaborada pelos trabalhadores das cerâmicas e Olarias de Canelinha para a negociação coletiva deste ano foi entregue aos empresários do setor. O ato ocorreu na última segunda-feira, dia 10, durante reunião entre membros do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Brusque e região (SINTRICOMB) e do Sindicato das Indústrias de Cerâmicas e Olarias do Vale do Rio Tijucas (SINCERVALE).

De acordo com o presidente do SINTRICOMB, Izaias Otaviano, agora é apenas aguardar a análise do documento pela classe empresarial para se ter a sequência da negociação. Ele acredita que antes do fim de fevereiro já possa haver uma definição.

A categoria laboral pede aos empresários reajuste na casa de 7% sobre os salários, o que significa a inflação prevista para o período, mais percentual de ganho real. As demais cláusulas da Convenção Coletiva do setor não sofreram alteração quanto aos pedidos feitos pelos empregados, representados pelo SINTRICOMB.

A assembleia que definiu a pauta de reivindicações foi realizada no dia 20 de janeiro, na subsede do sindicato laboral, em Canelinha. Os trabalhadores presentes entenderam que a CCT do setor já possui todas as cláusulas necessárias para atender as necessidades da classe. A data base, ou seja, quando deve estar finalizada a negociação, é fevereiro. Ou seja, os novos valores recaem nas folhas de pagamento que os trabalhadores receberem em março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 2 =

Pin It on Pinterest